Geografia e História Guarda

Alojamento

Alojamento

Destinohttps://guarda.costasur.com/index.html

Destino

Temos o guia mais detalhado do teu destino, pelo que se procuras informação, encontraste a melhor fonte...

Autocarroshttps://guarda.costasur.com/pt/horarios-dos-autocarros.html

Autocarros

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Carroshttps://guarda.costasur.com/pt/alugar-carro-rent-a-car.html

Carros

Desmistificando: alugar um carro não é caro. Decobre o preço a que pode sair durante as tuas férias com a Costasur.

Alugar

Comboioshttp://trenes.rumbo.es/msr/route/searching.do

Comboios

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Vooshttp://vuelos.rumbo.es/vg1/searching.do

Voos

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

A região da Serra da Estrela, na qual se insere a Guarda, é uma zona em que há registo da presença humana desde o neolítico. A sua história desenvolveu-se em sintonia com a história da Península Ibérica e de Portugal.

A Beira Interior é habitada desde tempos imemoriais, por povos pré-históricos, guardando vestígios da época do Bronze, dos quais se destaca a Espada de Castelo Bom, exposta no museu da Guarda.

Mais tarde, esta foi a terra de origem dos Lusitanos, primeiro sinal da identidade portuguesa, que se refugiaram nos Montes Hermínios, actual Serra da Estrela, na luta feroz contra os invasores latinos. Os Romanos, mais fortes, acabaram por vencer, e trouxeram grande evolução à região, desenvolvendo a agricultura e apostando na exploração mineira. Seguiram-se os Visigodos e os Muçulmanos, que trouxeram inovações que estão na origem dos hábitos ancestrais das pessoas desta região.

À idade de ouro da Beira Interior situa-se na Idade Média. Disputada, entre os séculos XI e XIII entre Portugueses, Leoneses, Castelhanos e Muçulmanos, foi o garante da independência nacional face a estes povos. Com o intuído de defesa do território foram construídas dezenas de castelos e fortalezas, que ainda hoje podes visitar.

Com o fim das guerras, com a definição das fronteiras, as povoações são recuperadas e a população aumenta significativamente, com a tomada de medidas que promoveram a fixação de colonos nestas terras.

A contribuição na época dos Descobrimentos foi também importantíssima, tendo sido berço de alguns dos maiores navegadores e exploradores portugueses, dos quais se destacam Pedro Álvares Cabral e Pêro da Covilhã.

Mais tarde, na Guerra da Restauração, os seus castelos e fortalezas, e o patriotismo das suas gentes voltaram a assegurar a independência nacional. Como recompensa, houve melhorias consideráveis nas construções da região.

Aquando das Invasões Francesas, os beirões voltaram a dar a vida pela independência nacional, no cerco de Almeida, nas batalhas de Fuentes de Oñoro, Trancoso e Sabugal assegurando a continuidade de Portugal enquanto país independente e autónomo.

Ofertas

  • Os Lusitanos constituíram um conjunto de povos ibéricos pré-romanos de origem indo-europeia que habitaram a porção...

  • Após o período romano seguiram-se períodos de ocupação por parte dos visigodos, derivando o nome de Guarda do termo...

  • A Guerra Peninsular, também conhecida em Portugal como as Invasões Francesas e em Espanha como Guerra da Independência...

  • A Crise de 1383–1385 foi um período de guerra civil e anarquia da História de Portugal, também conhecido como Interregno,...

  • A zona da link:(http://guarda.costasur.com/pt/sierra-de-estrela-guarda.html,Serra da Estrela), apesar de não ter...

  • D. Dinis, um monarca administrador e não guerreiro, no decurso da sua governação sempre tentou encontrar alianças...

  • Ao caminhares pela rua D. Sancho, na zona medieval da Guarda, atenta na placa evocativa do poema “Ay muito me tarda...

Outros sítios e alternativas Costasur

Outras páginas deste destino
Etiquetas