Aldeias Históricas Sul Guarda


Alojamento

Alojamento

Destinohttps://guarda.costasur.com/index.html

Destino

Temos o guia mais detalhado do teu destino, pelo que se procuras informação, encontraste a melhor fonte...

Autocarroshttps://guarda.costasur.com/pt/horarios-dos-autocarros.html

Autocarros

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Carroshttps://guarda.costasur.com/pt/alugar-carro-rent-a-car.html

Carros

Desmistificando: alugar um carro não é caro. Decobre o preço a que pode sair durante as tuas férias com a Costasur.

Alugar

Comboioshttp://trenes.rumbo.es/msr/route/searching.do

Comboios

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Vooshttp://vuelos.rumbo.es/vg1/searching.do

Voos

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Imágenes

Descrição

Nas faldas da Serra da Estrela visita Belmonte conhecido por ter sido o berço do navegador Pedro Álvares Cabral, que em 1500 descobriu o Brasil. Começa o teu passeio pelo castelo formado pela Torre de Menagem, conserva vestígios da antiga alcaidaría (Paço dos Cabrais) rodeado por imponentes muralhas. Não deixes de subir à janela Manuelina, verdadeira jóia granítica, de onde poderás contemplar a magnitude da Serra da Estrela. Junto ao castelo encontrarás uma pequena igreja romano-gótica dedicada a S. Tiago, que tem no interior uma Pietá esculpida em granito e o panteão dos Cabrais. Passa pelo Pelourinho e pela Capela Gótica da Nossa senhora da Piedade e pela Sinagoga.

Em Belmonte há uma importante comunidade judaica, que remonta ao séc. XV, quando aqui se refugiaram judeus expulsos por Castela. Moravam em casas fora das muralhas do castelo, no Bairro de Marrocos, onde ainda poderás ver os símbolos das profissões exercidas pelos membros da comunidade gravados nas ombreiras das portas. Por último, visita a Igreja Matriz, que alberga a imagem quatrocentista de Nossa Senhora da Esperança que, segundo a tradição, é a santa que Pedro Álvares Cabral levou na sua viagem de descoberta do Brasil. Não deixes de visitar o Eco-museu do Zêzere, o Museu Judaico de Belmonte, único em Portugal, e o Museu do Azeite.

Para desfrutar de uma paisagem relaxante e um café muito saboroso e aromático vai até à Pousada de Belmonte onde o bar funciona na capela do antigo Convento de Nossa Senhora da Esperança, construído sobre uma Ermida do séc. XIII que provavelmente assentou sobre os vestígios de antigos lugares de culto pagão.

Na encosta oriental da serra da Gardunha, a 650 metros de altitude, encontras Castelo Novo que se destaca pelo seu harmonioso traçado concêntrico e pelo bom estado da estrutura urbana. Ao passeares nas ruas encontras antigos solares, paredes-meias com casas populares em pedra, pequenas varandas de madeira e restos de calçada romana. Recomendo-te como locais de visita obrigatória a Casa da Câmara, Cadeia e Pelourinho, o Chafariz da Bica, a Igreja da Misericórdia e o castelo. À saída da aldeia, numa pequena elevação, encontras o Cabeço da Forca, zona de execução de condenados, marcada por duas caveiras esculpidas na rocha. Podes ainda observar uma lagariça, construção escavada na rocha em forma de concha com planta circular, que foi durante séculos utilizada para o fabrico do vinho de todos, único exemplo dos trabalhos colectivos das antigas comunidades rurais.


Sortelha é uma das aldeias medievais mais antigas de Portugal, que chegou a ficar despovoada durante as lutas da Reconquista Cristã. As casas tradicionais foram minuciosamente recuperadas à semelhança das agradáveis ruas estreitas e sinuosas. As muralhas da aldeia foram mandadas edificar por D. Sancho I, em 1187, onde se erguem com enormes penedos dispostos em forma circular, ganhando a forma de um anel. Esta disposição contribuiu em muito para o seu nome: “Sortija”, “Sortilia” ou “Sortela”, alguns nomes castelhanos que designam um jogo antigo de cavaleiros que consistia em enfiar a ponta de uma lança num anel de pedrarias.

Entra em Sortelha através de uma porta gótica do século XVI, sobre a qual se vê a Varanda de Pilatos, balcão do reinado de D. Dinis por onde se atacavam os agressores. O Castelo é considerado monumento nacional desde 1910, sendo que dentro das suas muralhas tudo se organiza em torno da Rua Principal, a Rua da Fonte e a Rua Direita que ligam a Porta da Vila à Porta Nova. Saliento ainda o Largo do Corro e o Largo do Pelourinho ou os passos da Via Sacra, espalhados pela povoação. Deves ir também à Igreja Matriz, onde destaco a talha dourada do altar-mor e o tecto mudéjar. Como recordação leva peças artesanais feitas com bracejo, que apenas encontrarás nesta localidade.

Dados de contacto

Estes são os dados de contacto de Aldeias Históricas Sul Guarda para que possas fazer a tua reserva ou pedir as informações qe necessites

245Visitas

Mapa

Características

  • Cidade

More offers

Outros sítios e alternativas Costasur

Outras páginas deste destino