Guerra Junqueiro Guarda



Imágenes

Descrição

O poeta e político português Guerra Junqueiro nascido no ano de 1850, em Freixo de Espada à Cinta, encontra-se associado a Barca d’Alva uma vez que a ele se deve o deslumbrante espectáculo das amendoeiras em flor nos meses de Fevereiro/Março.

Guerra Junqueiro, nos finais do século XIX, possuía nesta área a Quinta da Batoca, junto ao rio Douro. A região foi assolada pela praga da filoxera causando grandes danos nas vinhas da região. O poeta incentivou então o plantio na sua quinta das amendoeiras nos terrenos devastados pelo flagelo. Outros lhe seguiram o exemplo e o resultado é o fantástico postal ilustrado que hoje podes contemplar no início da primavera.

Quando passares pela quinta da Batoca repara nos desabafos do grande poeta escritos na parede da casa: "Quanta vida me consome, Quanta quimera perdida. Quanto sonho, Quanta lida, Tudo em vão. Quantos caminhos trilhados. Quantos passos mal andados. Quantos ais e quantos brados. Tudo em vão…"

Dados de contacto

Estes são os dados de contacto de Guerra Junqueiro Guarda para que possas fazer a tua reserva ou pedir as informações qe necessites

188Visitas

Mapa

Características

  • Livraria

More offers

Outros sítios e alternativas Costasur

Outras páginas deste destino