Museu do Côa Guarda


Alojamento

Alojamento

Destinohttps://guarda.costasur.com/index.html

Destino

Temos o guia mais detalhado do teu destino, pelo que se procuras informação, encontraste a melhor fonte...

Autocarroshttps://guarda.costasur.com/pt/horarios-dos-autocarros.html

Autocarros

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Carroshttps://guarda.costasur.com/pt/alugar-carro-rent-a-car.html

Carros

Desmistificando: alugar um carro não é caro. Decobre o preço a que pode sair durante as tuas férias com a Costasur.

Alugar

Comboioshttp://trenes.rumbo.es/msr/route/searching.do

Comboios

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Vooshttp://vuelos.rumbo.es/vg1/searching.do

Voos

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Imágenes

Descrição

Em Vila Nova de Foz Côa vais encontrar um espaço cultural idealizado para promover o património histórico e cultural do Parque Arqueológico do Vale do Côa, no Museu do Côa inaugurado em 30 julho 2010. Localiza-se numa zona sobranceira á junção do rio Côa com o rio Douro, integrando-se numa paisagem de grande beleza natural.

O edifício foi concebido pela dupla de arquitetos Camilo Rebelo e Tiago Pimentel assentando o projecto num enorme monólito de betão com uma textura semelhante á do xisto local, semi-enterrado no topo de um monte, cujo princípio é a integração na paisagem. O edifício é constituído por quatro pisos: cobertura/Piso 2, Piso 1, Piso 0 e Piso-1, organizados por um sistema particular de circulações verticais e horizontais.

A cobertura/Piso 2 reúne circuitos pedonais de acesso ao museu e faixas destinadas a estacionamento de veículos. Incorpora ainda áreas panorâmicas, dois elevadores e uma escada criam a ligação directa ao átrio de entrada do museu. No Piso 0, estruturado pela rampa/corredor que percorre todo o corpo, encontras a exposição permanente do museu e as salas de exposições temporárias. No final da rampa forma-se um nó de ligações: para o interior do Museu, para a área administrativa (sede do Parque e Museu do Côa), e para o piso inferior, onde se localiza o auditório, o restaurante e a cafetaria.

No decurso da visita perceberás a importância da arte rupestre no ordenamento dos espaços vivenciais das sociedades pré e proto-históricas. A museografia foi concebida, com todo o rigor científico, explicando os ciclos de arte rupestre do Baixo Côa e Douro superior que se inicia no Paleolítico superior, há mais de 25.000 anos, e chega até aos nossos dias. Com obras quer dos caçadores-artistas do Gravettense, quer dos últimos moleiros rupestres da Canada do Inferno, o Museu do Côa explana todo um catálogo de sensibilidades contidos na rudeza dos painéis de xisto que há milhões de anos moldam a geomorfologia regional. Claro que o verdadeiro museu será o Vale do Côa onde existem mais de 1.000 rochas decoradas e que tu deves visitar pormenorizadamente.

Dados de contacto

Estes são os dados de contacto de Museu do Côa Guarda para que possas fazer a tua reserva ou pedir as informações qe necessites

Telefone/Fax: 279 768 260/1

Url:

165Visitas

Mapa

Características

  • Museu

More offers

Outros sítios e alternativas Costasur

Outras páginas deste destino